Ele é o Oleiro eu sou o barro

“Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.” (Jeremias 18:6)

Na casa do oleiro. Assim tenho me sentido esses últimos dias. As vezes as pessoas usam essa frase para representar um momento de dificuldade na vida. Realmente tenho passado por dias difíceis, mas quero falar aqui de uma outra visão que tenho experimentado em relação a esse verscículo.
Muitas vezes crescemos um pouquinho na presença do senhor e pensamos que estamos prontos… mas Deus continua a trabalhar em nossas vidas, e quanto mais nos aproximamos dele percebemos que não somos nada. Assim como um barro, tenho estado na casa do oleiro, e toda vez que penso estar ficando um vaso digno o senhor me quebra e me refaz!!!
Mas não é um quebrantamento duro ou infeliz como muitos pensam, as situações que nos levam à casa do oleiro realmente são dolorosas, mas quando percebemos que o Nosso oleiro deseja usar essas situações para nos tornar melhores, percebemos como esse Deus é maravilhoso. O meu oleiro tem me quebrado com muito amor esses últimos dias e me feito perceber quem relamente eu tenho sido como pessoa e como ele deseja me tornar. Tenho percebido uma coisa, que quando estamos na casa do oleiro contamos com a ajuda de pessoas sim, pessoas que nos amam e que querem o melhor para nós, porém espiritualmente falando é como se estivessemos a sós com Deus, porque o trabalhao que ele faz em nossas vidas nesse período é um trabalho muito pessoal.
Tenho sido quebrantada literalmente esses últimos dias. Quando penso que já passou, ou que estou ficando pronta, o Senhor me mostra outra área que precisa de mudança em mim. ( e como dói…)
Como dói ser quebrantada, ainda que com muito amor como Deus tem feito comigo, a fase do quebrantamento dói de mais, porque essa fase fala de abandonar, fala de abrir mão de velhos pensamentos, velhas atitudes… E quem gosta de “abrir mão”?
Na casa do Oleiro esses últimos dias percebi o quanto sou pequena, o quanto minhas atitudes por muitas vezes são pequenas, e o quão grande Ele deseja me tornar. Mas uma coisa intrigante tem acontecido comigo, que apesar de todo o quebrantamento, de toda a dor, tenho sentido um gozo especial em meu coração. Porque percebi também que na fase do quebrantamento de Deus, tenho estado mais próximo dele, tenho estado especialmente em suas mãos… E como é gostoso estar nas mãos do PAI, pois suas mãos são amorosas, nos traz proteção, alivio para a dor e a certeza de que com Ele nós somos mais! Quanto tempo ficarei na casa do oleiro? Sinceramente não sei. Na verdade não sei nem se existe alguém que tenha entrado nessa casa um dia, e já tenha saído dela. Rsssssssss, e sinceramente não sei se quero sair!!!! Porque é maravilhoso estar pertinho de Deus em todo tempo.
EU SOU O BARRO, TU ÉS O MEU OLEIRO SENHOR, ME QUEBRA E ME REFAZ COMPLETAMENTE, E ME REFAZ QUANTAS VEZES FOR NECESSÁRIO, PORQUE O QUE EU MAIS DESEJO É AGRADAR O TEU CORAÇÃO!!!!!!!

Isis Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s